Como fazer um altar portátil e porque pode ser útil ter um

 Neste texto você vai encontrar uma lista com sugestões de itens e várias dicas para fazer seu próprio altar portátil, seja você alguém que quer levar a bruxaria para qualquer lugar, ou alguém que precisa manter sua arte em segredo.                       

Nunca tive um altar portátil até precisar de um.

Estava fazendo uma prática mágica longa com o oráculo/sistema mágico Os 40 Servidores (The Forty Servants), quando precisei viajar. Como eu não queria interromper o processo, precisei planejar uma forma de continuar com ele no quarto do hotel onde eu iria ficar.

Eu já tinha lido um texto sobre altares portáteis num almanaque sobre bruxaria da Llwellyn Publications. Resolvi então fazer o meu.

Peguei uma lata de doces vazia que tinha guardada, coloquei os itens que precisava e que cabiam nela. Depois, comprei um pacote de incenso japonês de varetas pequenas que incluía um mini incensário.

Não precisei interromper a minha prática durante a viagem e depois disso mantive o meu altar portátil sempre pronto para levar para qualquer lugar que eu precisar.

Por que ter um altar portátil?

Não é obrigatório para bruxa nenhuma ter um altar portátil, mas em determinadas situações (como a que citei acima) pode ser muito útil:

  • dá a liberdade de continuar praticando magia de qualquer lugar
  • você não precisa interromper processos mágicos mais longos que precisam ser feitos por vários dias (ou semanas)
  • é ideal para quem prefere ter uma prática mágica discreta
  • é ideal para quem precisa ter uma prática discreta, como pessoas que dividem casa/quarto ou que moram com familiares e precisam manter segredo

O altar portátil

Seu altar portátil pode ser usado de duas formas, dependendo das suas necessidades:

  1. Como um local sagrado onde você armazena e mantém protegidos os elementos necessários para realizar sua prática mágica.
  2. Tudo o que foi dito no número 1, mais usar a própria caixa como altar.

Existem muitas opções do que pode ser usado como altar, as mais comuns são:

  • caixa de sapato
  • caixa de presente
  • caixa de madeira
  • latinha de doce
  • latinha tipo lancheira

Evite usar plástico, pois não conduz energia. Mas se não houver outro jeito, faça com o que tiver à disposição. Como gosto muito de dizer no podcast, é melhor fazer com o que tiver do que não fazer nada!

Na hora de personalizar seu altar, também tem muitas opções do que fazer.

Se preferir, pode aplicar um conceito da alta magia: pintar a caixa de preto (se for quadrada ainda melhor), encapar com um pano ou com papel dessa cor. Praticantes de alta magia usam um cubo preto como altar, porque ele representa a manifestação no plano físico.

A cor preta também serve como um escudo protetor contra energias externas.

Pode pintar com a cor que mais ressoa com você em magia, se quiser, usando o significado da vibração das cores de acordo com o que mais trabalha.

Se não tiver a necessidade de ser discreto, pode decorar a parte de fora com símbolos mágicos, especialmente aqueles de proteção e os que dão poder, como o pentagrama, o sol, a lua, sigilos.

Se for usar sua caixa como altar, pode decorar ela por dentro. Pode pintar ou colar um pentáculo ou outro tipo de pantáculo que você use muito (se for madeira, pode entalhar). Você também pode ter uma imagem da divindade com quem mais trabalha.

Caso opte por ter o altar portátil apenas para carregar seus itens, pode usar um lenço de tecido leve na cor que preferir para delimitar seu altar e não deixar seus itens no chão.

No caso de ter escolhido uma lata, pode deixar a parte interior da tampa sem cobrir e aproveitar o reflexo dela como ferramenta de scrying. Também pode usar como substituta de espelho em magias (só lembre de limpar muito bem energeticamente depois de usar para esse fim).

A sua caixa pode ter tranca ou cadeado. Também pode fechá-la com um laço de fita, elástico de borracha, ou até uma corda mágica fina que você pode usar para traçar seu círculo mágico. Uma caixa com tampa que não fica solta também funciona muito bem.

Itens para o seu altar portátil

Lembre-se que é uma mini versão do seu altar, e aqui a regra do “menos é mais” se aplica.

Alguns itens do meu altar portátil

Mas como vou saber o que eu preciso ter?

É só fazer a mesma coisa que fazemos quando viajamos barato e não podemos levar muita bagagem. Crie uma lista com o que for essencial e que possa ser usado para suas práticas mais básicas e constantes.

Um exemplo de lista com itens essenciais:

1.mini varinha

2.incenso

3.velas

4.fósforos

5.um alfinete

6.moeda pequena (as de cobre são as melhores, conduzem mais energia)

7.sal grosso

8.pequenos itens para representar os elementos

9.saquinhos com ervas secas

10.um ou dois cristais (se você usa)

11.lápis

12.pequenos pedaços de papel branco

Coisas a mais que pode colocar:

13.um pêndulo

14.bloquinho de notas como diário mágico portátil

15.um símbolo ou amuleto de proteção

16.espelho de bolso

Lembre-se de colocar também notas sobre rituais e feitiços que queira utilizar ou tenha um mini livro das sombras a mão, caso não vá usar algum livro ou o seu livro das sombras regular. Se tiver acesso à internet, pode ter um arquivo na nuvem. Você ainda pode gravar para si mesma as instruções no celular.

Dicas de como usar cada item do seu altar

1.mini varinha: uso muito minha varinha para abrir o círculo mágico. Além disso, você pode usá-la para desenhar sigilos no ar, conjurar e encantar objetos e amuletos. Pode ser um cristal comprido e com ponta, um graveto ou até um acessório de cabelo feito de madeira.

2.incenso: para fazer banimento, abrir o círculo mágico no lugar da varinha, como ferramenta de scrying, e representação do elemento ar, você pode usar o incenso. Pode ser usado no formato cone, vareta pequena ou ervas secas em ramo. Lascas de canela ou palo santo dão um ótimo incenso.

Gosto desse incenso porque é compacto e vem com incensário também compacto

3.velas: são uma forma muito fácil de fazer magia de fogo e banimentos, mas também podem ser usadas em divinação, quando interpretamos sua chama. Além de serem oferendas a divindades e uma forma de representar o elemento fogo. Use velas de aniversário (encontradas em várias cores), palito, ou velas de difusor. Lembrando que a vela branca pode ser usada para qualquer propósito. É aconselhável fazer uma limpeza energética nelas antes de usar.

4.fósforos: usamos fósforos para acender velas e incensos e queimar papel em vez de isqueiros, porque a fricção que cria a faísca “acorda” as salamandras (elementais do fogo). Mas isqueiro também serve.

5. um alfinete: um ótimo jeito de adicionar poder a magia com vela é entalhar símbolos. Use um alfinete para isso. Em casos específicos, pode desinfetar o alfinete na chama da vela, espetar seu dedo e usar uma gota de sangue para adicionar poder a qualquer magia.

6. moeda pequena: pequenas moedas são ótimos suportes para incensos de cone e velas pequenas. Também podem ser usadas com mini pantáculos se você desenhar símbolos nelas. Por exemplo, um pentagrama.

7. sal grosso: para representar o elemento terra, fazer banimentos, consagrar e purificar objetos, usamos o sal grosso.

8. pequenos itens para representar os elementos: se tiver espaço e sentir a necessidade de ter pequenos objetos para representar os elementos, pode ter pequenas pedras com os símbolos dos elementos pintados nelas ou representação dos elementos em pedaços de papel colorido.

9. saquinhos com ervas secas: use ervas secas para potencializar magias. O alecrim é uma erva coringa, mas você pode ter três pequenos punhados de ervas em saquinhos: uma para banimento, uma para atrair boas energias e outra para conexão espiritual.

10. cristais: um cristal pequeno de quartzo branco pode ser usado para muitas coisas, já que pode ser programado para a função que você precisar (lembre-se de desprogramá-lo depois). Se achar que precisa, pode adicionar um cristal para banir e aterrar – qualquer cristal de cor preta serve.

11. lápis: a melhor forma de escrevermos nossas intenções e desejos para queimar num feitiço ou desenhar sigilos é usando um lápis. O grafite conduz energia e é mais difícil você ser pego de surpresa usando um lápis do que usando uma caneta com pouca tinta. Lembre-se de levar sempre apontado.

12. pequenos pedaços de papel branco: para organizarmos e escrevermos nossos encantamentos, para fazer feitiços com desejos para serem queimados, criar sigilos, amuletos e pantáculos, além de outras coisas que podem ser criadas com desenhos, o bom e velho pedaço de papel branco é uma ótima opção, principalmente por ocupar pouco espaço e ser leve.

Sobre os itens extras:

13. um pêndulo: na falta de espaço para carregar um tarot ou um jogo de runas para divinação, o pêndulo é uma ótima opção. Porém, vale lembrar que funciona num formato de “sim ou não”, “sintonia ou falta de sintonia”.

14. bloquinho de notas como diário mágico portátil: manter um diário mágico é uma prática importante, especialmente se você tem tendência a esquecer detalhes importantes das coisas que faz. Pode ser substituído por arquivos de voz gravados no seu celular.

15. um símbolo ou amuleto de proteção: o símbolo ou amuleto de proteção serve para uma emergência, caso você ainda não carregue um com você ou para dar uma ajuda extra.

16. espelho de bolso: se a sua caixa do altar não é de metal ou você decidiu cobrir o interior da tampa dela, você pode ter um espelho de bolso para feitiços, proteção, scrying e ser for uma bruxa mais experiente, abertura de portais. Lembre-se de manter a limpeza energética desse item em dia.

Divirta-se!

Faça do ato de criar seu altar portátil algo divertido! Você não precisa ser um mestre artesão para criar coisas legais, mas se achar que precisa, pode procurar tutoriais de arte na internet.

Sei que é muito mais legal aquela sensação de “tudo novo, vou às compras”, tanto para a caixa do seu altar, quanto para frascos e saquinhos para guardar seus itens, mas muito pode ser reaproveitado de coisas que já temos e que muitas vezes vão parar no lixo.

Alguns exemplos são embalagens de presentes que ganhamos, pequenos frascos de tempero, latas de biscoito ou até caixas de decoração que não usamos mais. E lembre-se: algo feito com suas próprias mãos tem sempre mais energia e mais poder.

E aí, vai fazer seu altar portátil também? Tem alguma dica para compartilhar?

Uncategorized

Bruxa Asgard Visualizar tudo →

Atriz, Jornalista, Professora e Tradutora. Bruxa eclética, trabalho com tarot e radiestesia. Podcaster do Bruxas em Dublin e Aquariana.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: